Domingo, 31 de Maio de 2020
PONTE PRETA

Meninas da Macaca tropeçam na estreia e focam em reabilitação na quarta-feira (12), contra o Flamengo

Publicada em 10/02/20 às 17:26h - 48 visualizações

por Ponte Press


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Ponte Press - Álvaro Júnior)

Jogando no Majestoso, as Meninas da Macaca tiveram uma estreia ruim no Campeonato Brasileiro, perdendo por 5 a 0 do Iranduba, um placar elástico que não refletiu totalmente o que se viu em campo. Agora, a equipe do técnico Fábio Akio Fukumoto busca a reabilitação imediata contra o Flamengo-RJ, em partida marcada para quarta-feira às 19 horas.

“Para o jogo de quarta vamos estudar com afinco o adversário, ver o que foi feito de bom e ruim hoje, conversar com as jogadoras e criar uma estratégia em cima para conquistar os pontos que perdemos aqui no Majestoso. Nossa equipe é uma equipe jovem, com muito potencial, e acredito que vai crescer na competição”, diz o treinador.

Sobre a partida de hoje, a ansiedade foi a principal rival das pontepretanas, na opinião do técnico. “Nossa equipe sentiu o início do jogo, algumas estavam estreando em uma competição nacional, entraram ansiosas e cometeram erros que normalmente não cometeriam. Depois que passou a ansiedade, começaram a errar menos e a controlar as situações, mas já tínhamos o fator adverso contra a gente”, pontua, referindo-se ao fato de o primeiro gol adversário, da atacante Érica, ter saído logo aos oito minutos.

Com efeito, o jogo manteve-se equilibrado no restante da etapa inicial e ninguém mais mexeu no placar. No segundo tempo, porém, novamente aos oito minutos a atacante Karol ampliou. “No intervalo reforcei a confiança delas , disse que que estávamos controlando e poderíamos ir para cima. Mas tomamos o segundo gol e no finalzinho sentimos muito p desgaste físico. O resultado final não reflete o que realmente foi o jogo”, enfatiza Fukumoto.

De fato, a partida manteve-se equilibrada até o finalzinho, com a Macaca tendo pelo menos duas boas chances que morreram nas mãos da goleira adversária. Porém, com o desgaste e tentando ir para cima, a equipe pontepretana abriu muito o jogo e acabou tomando o terceiro gol aos 39, com Érica, o quarto gol aos 48 com Fabíola e o último aos 50, com Jaque.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (19) 98783-6558

Visitas: 7531
Usuários Online: 4
Copyright (c) 2020 - Esporte Multimidia